Turismo de maternidade: o lucrativo negócio de ter um filho nos EUA

133129049

Os Estados Unidos fazem parte de um grupo de países que concede nacionalidade a qualquer pessoa nascida dentro de suas fronteiras, uma lei que nos últimos tempos propiciou a criação e expansão de uma nova “indústria”: o turismo de maternidade.

Com uma rede de agências e hotéis perfeitamente organizada, o turismo de maternidade procura mães grávidas, majoritariamente de origem chinesa, que queiram ter seus filhos em território americano para que este obtenha a nacionalidade do país.

“São muitos os benefícios de ser cidadão americano. Acesso gratuito à educação primária e de ensino médio, bolsas de estudos e empréstimos para chegar à universidade privada são algumas das vantagens”, destaca o site da Star Baby Care, uma empresa de Xangai (China) especializada nesse tipo de turismo no sul da Califórnia.

Além disso, a companhia destaca outras vantagens como poder viajar sem visto a todos os países com os quais os Estados Unidos mantêm acordos bilaterais, dispor dos benefícios médicos reservados aos aposentados e o fato de que, quando o filho for adulto, poderá pedir a residência permanente para os pais no país americano amparado pelo reagrupamento familiar.

Dezenas de agências como a Star Baby Care, tanto nos Estados Unidos quanto na China e outros países, oferecem “pacotes” fechados às mães, que incluem assessoria para obter o visto, deslocamento ao país, alojamento em luxuosas casas-hotel, e cuidados para o recém-nascido e a mãe.

Leia mais…

Deixe uma Resposta.

Você deve estar logado para postar um comentário.